#SextouUniBF com informações sobre saúde mental

04/09/2020

Chegando o setembro amarelo, muito se fala sobre o suicídio, e principalmente sobre as questões psicológicas e emocionais que são, na maioria das vezes, as grandes causas para isso.

De fato, a saúde mental é algo que deve ser priorizado em qualquer lugar, em qualquer época e por todas as pessoas, independentemente da idade e condição.

Como é o primeiro #Sextou do mês de setembro, trouxemos algumas informações e dicas sobre a saúde mental, para que você zele pela sua mente, seu psicológico e sua perspectiva sobre a sua vida e sobre si mesmo! Vem com a gente!

Curiosidades Curiosas para os Curiosos de Plantão

O chamado “Setembro Amarelo” é um marco criado aqui no Brasil, pelo chamado CVV (Centro de Valorização à Vida), em conjunto à ABP (Associação Brasileira de Psicoterapia) e o CFM (Conselho Federal de Medicina).

Esses órgãos criaram a campanha com o intuito de conscientizar e ensinar a população sobre a gravidade do suicídio, que na maioria das vezes é incentivado por distúrbios psicológicos, sendo a depressão o principal destaque.

Segundo a ABP, cerca de 96,8% dos casos de suicídio, foram motivados por distúrbios psicológicos, doenças mentais e desajustes na saúde mental.

Inclusive, os casos de depressão e transtorno de ansiedade seguem em crescimento a cada ano que passa, em especial neste ano, em que a pandemia modificou rotinas e causou um desequilíbrio emocional em muitas pessoas.

É por isso que, talvez com uma urgência ainda maior do que nos anos anteriores, o setembro amarelo precisa ser um período de muita conscientização e luta, para que a depressão e outras doenças mentais sejam vencidas, e a saúde mental seja valorizada.

Luz, Câmera, Ação!

Para iniciarmos nossas indicações da semana, entraremos no fabuloso mundo do cinema, que, além de ser uma ótima opção para entretenimento, lazer e distração, também é uma ferramenta construtora de diversas reflexões.

Afinal, quem nunca assistiu um filme e foi completamente atingido por ele? Por sua mensagem, por um personagem, pela trilha sonora, pela atuação.

Os filmes são, verdadeiramente, formas únicas de expressão, e que se utilizadas corretamente, podem auxiliar na saúde mental.

Para essa semana, nossa recomendação trata sobre a depressão, o aprendizado durante esse processo e aquilo que nos mantém fascinados pela vida, por mais dura que ela seja: os pequenos detalhes.

Prepare-se para conhecer a encantadora obra cinematográfica:

Her (2014)

Ganhador do Oscar de melhor roteiro, o longa metragem conta a história de um escritor solitário, Theodore, que em sua agonia, angústia e situação melancólica permanente, acaba se apaixonando por uma voz de inteligência artificial, chamada Samantha.

O filme é recheado de reflexões, sentimentos profundos e intensos, e de pura melancolia. O drama nos faz pensar e questionar sobre o que é verdadeiramente real no mundo, e mais do que isso, nos desperta a sensação que é viver na pele de um artista sozinho, sem amor e sem vontades, que descobre o sentido de sua existência após diversas experiências.

O filme é protagonizado pelos brilhantes Joaquin Phoenix e Scarlett Johansson, e foi dirigido por Spike Jonze, que conseguiu inserir o imaginário tecnológico e tão atual, em uma história de amor extremamente peculiar.

Para quem deseja ir mais além no conceito de saúde mental, e talvez, relembrar o que faz a vida ser um grande deslumbre – enfeitado com pequenas alegrias – Her é a escolha certa!

Se você se interessou e deseja ter um gostinho do filme, deixaremos aqui o link do trailer.

Versos e Ensaios

Como já mencionamos, a depressão é uma das maiores causas para o suicídio, e para o comprometimento da saúde mental.

Por esse motivo, nossa dica de leitura é bastante didática, e serve tanto para quem deseja atuar no mercado de psicologia, como também para os familiares de pacientes portadores desse distúrbio. Confira:

Depressão: Teoria e Clínica (João Quevedo e Antonio Nardi)

Desenvolvido com a organização da ABP (Associação Brasileira de Psicoterapia) o livro é um manual completo a respeito da depressão.

O livro criado por especialistas na área, apresenta a perspectiva científica e clínica do transtorno depressivo, e busca mostrar aos leitores as causas, os fatores e características desse diagnóstico, bem como os caminhos pelos quais a psicoterapia pode realizar o tratamento.

Além disso, a obra possui uma abordagem interessante sobre o suicídio vinculado à depressão, e todos os dados são mostrados com uma linguagem bastante acessível, possibilitando uma leitura fluida e prática para todo e qualquer público.

O livro é estudado pelos acadêmicos dos cursos de Psicologia, e por esse motivo o disponibilizamos em nossa Biblioteca Virtual, e qualquer aluno pode realizar a leitura. Aproveite!

Para quem deseja uma literatura mais artística, mas que também aborda esse tema, também trouxemos uma excelente sugestão:

As Vantagens de Ser Invisível (Stephen Chbosky)

O best seller é muito conhecido também devido a sua adaptação para o cinema, estrelada por Logan Lerman, Emma Watson e Ezra Miller.

Porém, o grande filme foi inspirado no livro, lançado em 1999.

Stephen desenvolveu uma narrativa em primeira pessoa, cuja voz insegura é pertencente a Charlie, protagonista da obra. Charlie sofre com alguns problemas psicológicos, e por isso, o suicídio acaba rondando os pensamentos do rapaz frequentemente.

O livro aborda outras questões relacionadas à saúde mental também, como questões de sexualidade, uso de drogas ilícitas, novas experiências dos adolescentes e traumas de infância.

Para quem deseja se aprofundar em uma história e refletir um pouquinho mais sobre a saúde mental, As Vantagens de Ser Invisível é uma ótima ideia!

Ah, e para quem ainda não assistiu ao filme, aproveita que ele está disponível na Netflix!

Lições que você precisa levar sobre o Setembro Amarelo

Como estamos iniciando esse mês, é relevante que você leve algumas lições consigo, para assim combater uma boa luta a favor da saúde mental. Confira nossas lições:

  • Toda dor merece uma atenção!

Engana-se quem pensa que apenas grandes traumas, medos e distúrbios mentais merecem tratamento. De fato, todas as dores, questionamentos e incômodos precisam ser tratados, uma vez que esses podem ser pequenos pontapés para problemas futuros muito maiores.

Por isso, dê atenção para todas as dores, por menor que elas sejam.

  • Insinuações ao suicídio? Disque 188!

É essencial ressaltarmos que se algum familiar, amigo ou conhecido insinuar o suicídio, ou apresentar sintomas depressivos, você pode contar com a ajuda do CVV! Por isso, caso isso estiver acontecendo, não hesite em buscar ajuda profissional.

  • Permaneça aprendendo!

Dentro ou fora do setembro amarelo, a saúde mental é algo que deve ser comentado e relembrado em todas as épocas do ano. Por isso, busque conhecer sobre esse assunto!

Uma sugestão é o Seminário Digital da Saúde Mental, totalmente gratuito e oferecido pela Faculdade UniBF. O evento tratará assuntos como o suicídio, gatilhos emocionais, saúde mental em âmbito escolar e preconceito. Os profissionais convidados são muito qualificados e trarão uma abordagem extremamente relevante sobre o tema.

Fique ligado! O seminário acontecerá de 21 a 25 de setembro!

No mais, nos despedimos por aqui. Esperamos que você tenha tirado proveito das nossas recomendações, e refletido bastante sobre a importância da saúde mental.

Não podemos deixar de mencionar que…

Se Clarice Lispector estivesse aqui, ela diria que…

“A prova de que estou recuperando a saúde mental, é que estou cada minuto mais permissiva: eu me permito mais liberdade e mais experiências.”

Que essa realidade possa ser vivenciada por todos, é o que torcemos todos os dias!

Esta página faz uso de cookies para melhorar o seu desempenho e funcionamento do nosso site. Utilizando os cookies, estamos coletando e armazenando temporariamente alguns dados pessoais. Para mais informações, disponibilizamos nossa Política de Privacidade e Termo de Uso.