#SextouUniBF sobre o o Dia do Esportista

19/02/2021

Dia 19 de fevereiro, exatamente esta sexta-feira, comemora-se o dia do esportista, em âmbito nacional. De acordo com a Lei nº 8.672, que instituiu a data no calendário brasileiro, a comemoração vai para todos os profissionais – e também os amadores, por que não? – que praticam atividade física.

Em 1993, quando foi criada, a lei foi intitulada de “Lei Zico”, a qual buscava os direitos desportivos relacionados aos educadores físicos e atletas, de modo geral. Sendo assim, com o passar do tempo, dia 19 do segundo mês do ano foi se tornando cada vez mais popular, sendo comemorado por todos os amantes do esporte e dos exercícios.

Por conta disso, preparamos um conteúdo completo sobre o esporte, essa data comemorativa, os profissionais de educação física, os que fazem exercício por prazer e, é claro, qualidade de vida! Confira as mais atualizadas informações e nossas queridíssimas recomendações para esse dia especial!

Acompanhe com a gente!

Curiosidades Curiosas para os Curiosos de Plantão

Você sabia que existe uma série de esportes que possuem “naturalidade” brasileira? Sim! Alguns dos jogos mais amados – e bastante conhecidos – foram criados no Brasil, passando posteriormente a serem praticados também em outras localidades.

A princípio, como você vai perceber abaixo, todos os esportes dessa origem são compostos por elementos que mostram a nossa identidade e são possibilitados por conta das condições pelas quais o nosso solo, ambiente e território são formados.
Separamos 3 desses esportes, para você conhecer melhor:

Futebol de areia

O futebol de areia é um dos grandes destaques, tendo em vista a quantidade de praias que formam o Brasil. Como antes ele era praticado à beira-mar, com a finalidade de lazer, esse esporte se tornou popular rapidamente, inclusive sendo apreciado em épocas como o verão. Foi apenas em 1992 que o futebol de areia foi institucionalizado como um esporte oficial. 

A partir daí, vários campeonatos foram surgindo, dentre eles o Campeonato Brasileiro de Clubes de Futebol de Areia, fundado em 2012. Em relação às regras do jogo, pode-se dizer que são bastante parecidas com o futebol de campo. Todavia, os times devem ser compostos por apenas 5 jogadores – sendo um deles o goleiro – e as partidas duram apenas 36 minutos.

Frescobol

O esporte praiano mais amado – e praticado – por todos também tem origem brasileira. Tendo sido criado no Rio de Janeiro, em meados do século XX, o frescobol rapidamente se popularizou, ganhando adeptos em diversas praias.

O jogo consiste em um trabalho em equipe – visto que os times são formados por 2 jogadores – e o objetivo é mostrar os pontos fortes do parceiro, ou seja, não há rivalidade e a intenção não é derrotar o outro time. Por conta disso, muitos comparam a essência do frescobol a outros esportes demonstrativos, como a ginástica artística e o nado sincronizado. Para jogar, são utilizadas duas raquetes de madeira e uma bola de borracha.

Jiu-Jitsu Brasileiro

Essa arte marcial é uma das principais lutas praticadas no Brasil, inclusive tendo destaque em campeonatos mundiais. O jiu-jitsu trata-se de um esporte de combate e defesa pessoal, cujo objetivo é imobilizar a ação do adversário. O esporte foi introduzido pela família Gracie, no Brasil, séculos atrás.

Nesse sentido, quanto às especificidades técnicas, a luta é composta por práticas como a imobilização, a defesa e o bloqueio. Nos torneios, a luta acontece individualmente, sendo duas pessoas rivais as lutadoras.

E aí, você sabia que todos esses esportes são de origem brasileira? Além desses, nossos esportistas nacionais são responsáveis por muitos outros jogos e práticas, os quais se espalharam por todo o mundo.

Uma ideia é buscar conhecer – e quem sabe praticar – algum desses esportes. Além da qualidade de vida, da saúde e do exercício em si, você tem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a cultura do Brasil. Que tal?

Versos e Ensaios

Dando continuidade às recomendações da semana, preparamos uma dica literária, para que você saiba mais sobre essa vivência de esportista e saiba o que está celebrando.

Leia:

A Pátria em Chuteiras (Nelson Rodrigues)

O cronista novamente surpreendeu com excelentes ensaios acerca do esporte mais praticado no Brasil, o futebol. O livro é uma coleção de crônicas, as quais giram em torno da temática do esporte.

A perspectiva trazida na obra revela uma das maiores paixões do próprio autor, que é o futebol. Sendo torcedor fiel de clubes brasileiros, Nelson retratou esse encanto em um livro divertido, informativo e sensível. Quanto ao contexto, A Pátria em Chuteira transparece a realidade da seleção brasileira desde a copa de 50 até a década de 70.

Se você deseja conhecer um pouco mais da paixão brasileira pelo futebol, bem como um ponto de vista diferente sobre as copas – vitórias e derrotas – essa é uma boa opção! Para ficar com um “gostinho de quero mais”, selecionamos um trecho do livro, o qual aborda a pátria em chuteiras, mesmo: 

“Já descobrimos o Brasil e não todo o Brasil. Ainda há muito Brasil para descobrir. Não há de ser num relance, num vago e distraído olhar, que vamos sentir todo o Brasil. Este país é uma descoberta contínua e deslumbrante.”

Luz, Câmera, Ação!

Além de uma dica literária, é claro que selecionamos uma sugestão cinematográfica para você aproveitar nesse dia especial!

Assista a:

A Grande Vitória (2010)

Resultado de imagem para A Grande Vitória (2010)

Protagonizado por Caio Castro e dirigido por Stefano Capuzzi, o filme se trata de um drama, cuja temática é o judô.

A obra conta a história de Max Trombini, um judoca brasileiro que passou por muitas dificuldades durante toda a infância, mas se tornou um dos esportistas mais conhecidos do país, por conta de sua superação.
A Grande Vitória mostra a força e o poder que os atletas têm, independente das dificuldades.

Por isso, se você deseja se inspirar e refletir sobre a superação e a força de vontade, o filme – que também conta com a participação de Sabrina Sato – é a recomendação ideal.

Entra no ritmo!

Para finalizar, que tal uma playlist animada para colocar os esportes na prática e treinar com muita animação?

Seja musculação, ginástica, dança, voleibol, futebol, futsal, frescobol ou artes marciais, certamente a música deixa tudo ainda mais empolgante.

Para isso, confira a #PlaylistDaUniBF, prontinha para o seu treino:

  1. Power – Kanye West;
  2. Pesadão – IZA;
  3. O Sol – Vitor Kley;
  4. One Dance – Drake;
  5. Work – Rihanna.

Aproveite, pratique esportes, exercite-se e torça bastante. Afinal,

Se Nelson Rodrigues estivesse aqui, ele diria que…

“Uma torcida não vale a pena pela sua expressão numérica. Ela vive e influi no destino das batalhas pela força do sentimento”.

icon icon icon icon

Nossos contatos

E-mail
icone contato@unibf.com.br

Cadastre seu e-mail

Esta página faz uso de cookies para melhorar o seu desempenho e funcionamento do nosso site. Utilizando os cookies, estamos coletando e armazenando temporariamente alguns dados pessoais. Para mais informações, disponibilizamos nossa Política de Privacidade e Termo de Uso.