Analista de mídias sociais: Conheça essa profissão!

27/10/2020

O Analista de mídias sociais é o profissional responsável pela criação, gerenciamento e publicação de conteúdos nas rede sociais com objetivo atingir, impactar, atrair e engajar usuários. É uma função que demanda muita pesquisa, estratégia e constante aprendizado.

Trabalhar como analista de mídias sociais é uma profissão relativamente nova, mas sem dúvidas, com uma das maiores demandas existentes atualmente. As redes sociais dominaram todas as classes da sociedade, países, ambientes e personalidades, e tudo indica que esse poder não se estabilizará tão rápido. Quanto mais o tempo passa, mais as pessoas utilizam as redes sociais.

Em uma pesquisa realizada pela empresa americana de análise de internet, Comscore, foi revelado que o Brasil é o país mais “conectado” da América Latina, totalizando um percentual de 88% de usuários ativos, que costumam acessar o YouTube, Facebook, Twitter, Instagram e Snapchat todos os dias.

Sendo assim, os brasileiros passam boa parte do seu dia conectados nas plataformas digitais, consumindo produtos e descobrindo novos conteúdos. 

As mídias sociais para fins corporativos

As empresas certamente sabem que as mídias sociais são ferramentas bastante eficientes na captura de novos consumidores para seus produtos e serviços, e quem sabe, clientes fiéis. Portanto, cabe a cada negócio montar sua estratégia para as redes, para que as metas sejam batidas e o crescimento de fato aconteça.

O trabalho do analista de mídias sociais entra exatamente aqui. Por conta das constantes atualizações, novas funcionalidades lançadas, e principalmente, novos algoritmos, é necessário que um colaborador da empresa esteja sempre atualizado com as novas estratégias, para que o trabalho com as redes sociais seja favorável.

Neste conteúdo, criamos um guia completo sobre essa profissão, para que você fique por dentro de cada uma das informações para se tornar um analista de mídias sociais. Acompanhe com a gente!

O que faz um analista de mídias sociais?

De acordo com um dos grandes consolidadores das estratégias de marketing em meios digitais, Neil Patel, o analista de mídias sociais é o profissional responsável pela criação e publicação de posts direcionados para o público-alvo, de forma a atingir, impactar, atrair e principalmente engajar o usuário.

Sendo assim, é o profissional que lida com as redes sociais que deve manter um contato frequente com o potencial cliente advindo desses meios (online), o que acontece frequentemente.

No Brasil, essa administração realizada pelo analista é realizada majoritariamente no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube, as plataformas mais utilizadas para fins comerciais no país.

Dentre as principais funções desse profissional, estão as seguintes:

Criação e gerenciamento de conteúdo

As mídias sociais são meios fáceis de se utilizar, bem como possuem um custo baixo para a empresa. Todavia, a diferença está no conteúdo que será propagado nesse meio, visto que o mais difícil hoje em dia é criar engajamento com o público, em meio a uma concorrência tão acirrada.

Portanto, cabe ao analista de mídias sociais a criatividade e o pensamento estratégico para a produção de conteúdos relevantes para os usuários.

O gerenciamento, por sua vez, está no fato de saber que os conteúdos precisam ser postados frequentemente, caso contrário, as possibilidades de engajamento e crescimento da página são mínimas.

Análise de métricas

O profissional de marketing que trabalha com as redes sociais possui uma função posterior à criação e a publicação dos posts, muito importante para o alinhamento das estratégias.

Só se sabe se os posts e os conteúdos criados estrategicamente estão gerando resultados, no momento em que as métricas são analisadas. Como cada rede social possui as suas próprias estatísticas, cabe ao analista de mídias sociais a verificação do desempenho e o estudo para o posterior crescimento desse engajamento.

Nesse cenário, existem peculiaridades em cada plataforma, que um analista não deve deixar passar. O LinkedIn por exemplo – uma rede social bastante utilizada pelas empresas e para fins corporativos – possui cerca de 5 métricas importantíssimas, sendo elas: número de visualizações no perfil (página), seguidores na página da empresa, perfil dos visitantes, resultados de pesquisas e número de cliques.

A última métrica mencionada diz respeito à chamada CTR (Click Through Rate), uma taxa que irá monetizar os conteúdos e transformá-los em lucros para a empresa em questão. É por isso que os posts precisam ser bem pesquisados, devidamente planejados e estruturados, para por fim serem desenvolvidos e publicados.

Anúncios nas redes sociais

Apesar de não estarem presente em todas as empresas que contratam um analista de mídias sociais, os anúncios nas redes são bastante frequentes no modelo de negócio atual.

Tem-se como o exemplo o Facebook Ads, anúncios pagos que são impulsionados para um número maior de visualizações e interação. Se utilizado corretamente e bem investido, esse tipo de publicidade pode favorecer a imagem da empresa e proporcionar um elevado retorno financeiro. Portanto, cabe ao analista realizar um bom trabalho nessa função também.

Mercado de trabalho: Qual o salário de um analista de mídias sociais?

Agora que você já sabe quais são as principais funções de um analista de mídias sociais, vamos te mostrar um pouco da realidade atual do mercado de trabalho para essa profissão.

Uma pesquisa realizada pela Social Media Trends revelou que cerca de 96,2% das empresas utilizam as redes sociais como uma estratégia de marketing digital. Ou seja, essas plataformas deixaram de ser simples passatempos para entretenimento e lazer há muito tempo.

Sendo assim, a demanda por um analista de mídias sociais é elevadíssima, e tende a aumentar cada vez mais. As corporações que ainda não se comunicam por esse meio certamente começarão a fazê-lo, ou então serão vencidas pela concorrência.

E o salário?

Afinal, quanto ganha esse Profissional? Quanto ao piso salariall, a plataforma Glassdoor afirma que gira em torno de R$ 2000,00 a R$ 5000,00 atualmente, mas isso varia muito entre as regiões do país, o tamanho da empresa e os resultados que estão sendo alcançados por meio das estratégias nas redes sociais.

Portanto, se você deseja entrar para esse mercado, agora é uma boa ideia! O cenário atual favoreceu – querendo ou não – a comunicação digital por parte das empresas, que tiveram que manter contato com os clientes nesse cenário de distanciamento social e medidas de restrição para o combate à pandemia.

O que precisa para se tornar um analista de mídia social?

Se você leu esse artigo até aqui e percebeu que essa é a profissão que deseja seguir, com toda certeza, vamos te mostrar quais os caminhos – e quais os requisitos – importantíssimos para exercer essa função tão moderna!

Em primeiro lugar, saiba que o perfil profissional de um analista de mídias sociais deve ser bastante atualizado, inovador e criativo, tendo em vista as atividades de criação que precisam ser desempenhadas.

Além disso, as seguintes características são interessantes e se enquadram bastante a essa profissão:

1 – Organização e planejamento

Apesar de precisar ser bastante criativo e um pouco “fora da casinha”, um analista também precisa ser organizado e eficaz no planejamento.

A disciplina é indispensável para o sucesso nas plataformas digitais, uma vez que é necessária uma certa frequência de posts, um padrão de conteúdo e bastante senso crítico – e atento” – na análise de métricas.

2 – Pensamento estratégico

A montagem e execução de estratégias também são atividades praticadas por um bom analista.

Na hora de elaborar a pauta de conteúdos, esse profissional deve ter em mente o que resultará no engajamento e no aumento do número de clientes para o serviço de sua empresa.

Além disso, manter-se atualizado em relação às atualizações e ferramentas disponíveis em cada rede social é essencial, e faz toda a diferença!

3 – Compreensão em relação às pessoas

Um analista de mídias sociais tem como principal objetivo atingir as pessoas – mesmo que inconscientemente, e as atrair para uma finalidade.

Por isso, é importante que o perfil desse profissional seja bastante comunicativo, dinâmico e compreensivo. Dessa forma, será mais fácil criar estratégias e desenvolver conteúdos que realmente impactem as pessoas.

Curso de pós-graduação na área

O curso da UniBF que te capacita como um especialista em mídias sociais é a Pós-graduação em Marketing e Redes Sociais.

Esse curso pode ser concluído a partir de 4 meses, e sua matriz curricular é composta por matérias como: Comunicação Corporativa e Marketing em Redes Sociais.

É a pós certa para quem deseja atuar nesse ramo imediatamente, e gosta de um estudo flexível. O curso é totalmente online e você pode assistir às aulas onde e quando desejar! Além disso, o TCC é opcional!

Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco! Responderemos o quanto antes.

Conte conosco para alcançar êxito no mercado de trabalho!

Quer falar conosco?

Entre em contato pelo WhatsApp  ou nas nossas Redes Sociais: Facebook e Instagram.

icon icon icon icon

Nossos contatos

E-mail
icone contato@unibf.com.br

Cadastre seu e-mail

Esta página faz uso de cookies para melhorar o seu desempenho e funcionamento do nosso site. Utilizando os cookies, estamos coletando e armazenando temporariamente alguns dados pessoais. Para mais informações, disponibilizamos nossa Política de Privacidade e Termo de Uso.