O que é psicologia social e qual sua atuação principal?

10/08/2020

A Psicologia Social está sempre em pauta; de fato, é uma das áreas da psico de alta demanda. Se você ainda não sabe exatamente o que é esse estudo, vamos te explicar detalhadamente neste artigo! Você vai aprender qual a principal atuação do psicólogo social, e assim poderá refletir sobre a escolha dessa profissão, com bastante análise.

Segundo o autor Cláudio Torres, escritor do livro “Psicologia Social – principais temas e vertentes”, as representações sociais passaram a ser um objeto de estudo a partir de 1970, tornando-se um dos maiores focos dessa área de Psicologia no Brasil. Portanto, a Psicologia Social defende que o ser humano modifica a sociedade, assim como é modificado por ela; e por isso, leva em consideração a herança histórica em que ele foi submetido. É, em outras palavras, uma forte ligação entre a Psicologia e a Sociologia.

Como se trata de uma ciência, você deve perceber que é um campo de estudos muito complexo, em especial porque se trata da mente humana, e mais, da ligação dela com a cultura da época e os impactos decorrentes da sociedade em que se está inserido. Confira com mais profundidade as características dessa profissão!

Psicologia Social: quais as funções exercidas?

Como já citamos acima, o profissional da Psicologia Social é responsável por estudar e analisar o comportamento de um indivíduo em suas relações sociais, desvinculando o ser humano da ideia de que ele é “um ser individual”, mas sim parte de um grupo social.

Partindo desse pressuposto, assume-se que todas as pessoas inseridas em uma sociedade fazem parte da chamada “mente coletiva” – um conceito explanado nas Ciências Sociais. Esse termo diz respeito à construção da mentalidade do ser baseada na cultura daquele momento e na história em que a sociedade que ele está inserido foi submetida. E então, neste cenário, quais as funções exercidas pelo Psicólogo Social?

Conheça nosso Guia da Pós-Graduação!

Estudos e pesquisas

Para quem gosta do ambiente universitário, essa área de atuação é muito interessante. Ao pós graduar-se em Psicologia Social, você pode trabalhar em universidades, como pesquisador e desenvolvedor de projetos na área, ou até mesmo lecionar essa disciplina para os graduandos do curso.

Como já comentamos acima, a Psicologia é uma ciência, e por isso, está em constante evolução, exposta para novas descobertas.

Treinamento de funcionários

Uma área bastante comum é a atuação dentro das empresas, onde o profissional realiza o treinamento dos funcionários como um conjunto corporativo e analisa as estratégias utilizadas naquela corporação.

Além disso, o profissional da Psicologia Social pode ser contratado por uma empresa para realizar terapias em grupos entre os funcionários, de maneira a mediar conflitos internos e externos, e motivar os coworkers.

Design de sistemas e departamento de marketing

Apesar de parecer uma área desvinculada, na realidade faz muito sentido! Tanto os sistemas e softwares utilizados em empresas, como as campanhas publicitárias criadas, são instrumentos poderosos para modificar o pensamento coletivo, e influenciar um grupo social à determinada ideia.

A Psicologia Social estuda o efeito que as mídias têm sobre a população, a fim de entender os impactos que elas podem trazer, e como isso pode interferir nas interações sociais.

Organizações sem fins lucrativos

As ONG’s tratam-se de um espaço bastante utilizado por psicólogos também. O profissional pode atuar no desenvolvimento de ações e atividades comunitárias, projetos de inclusão e na luta contra o preconceito social.

É, de fato, um campo bastante nobre!

Se você leu as inúmeras possibilidades em que pode atuar como psicólogo social, observe agora como está o mercado de trabalho atual:

Demanda e mercado de trabalho

Se você ainda lembra da introdução deste artigo, há de lembrar também do que contamos para você: a Psicologia Social é uma área de alta demanda.

Nos últimos anos, aumentou bastante a demanda por profissionais de psico atuantes na área de marketing; isso porque a publicidade e a imagem das empresas é algo que tende a crescer ainda mais, e é o que impulsiona o mercado de trabalho.

Por outro lado, precisa-se também de psicólogos sociais em instituições públicas, como os CRAS e os CAPS, além das mencionadas organizações sem fins lucrativos, que visam a melhoria dos pequenos grupos, muitas vezes discriminados.

–   Salário médio:

Segundo o site da Catho, o salário do psicólogo social está em uma média de R$ 2200,00. Todavia, profissionais atuantes em âmbito universitários tendem a receber mais, especialmente os professores.

Psicologia Social X Sociologia

Apesar de relacionadas e de estarem voltadas para o estudo sobre o modo de vida em sociedade e o ser humano, as duas ciências não são a mesma coisa, isso porque até mesmo o objeto de estudo muda.

Na Psicologia Social, estuda-se o indivíduo como integrante e modificador – bem como um alvo a ser modificado – pela sociedade, além de focar em pequenos grupos, como no caso das equipes de trabalho, anteriormente mencionadas.

Já na Sociologia, o foco de estudo são grupos sociais, grandes massas, populações de uma geração inteira ou de uma população específica – de uma certa cultura – atentando-se assim a grandes grupos, e não ao indivíduo como parte dele.

Apesar de funcionarem bem juntas, as duas ciências não são exatamente a mesma coisa, mas sim interdependentes. Como afirma Silvio Cesar Nunes Militão, em seu artigo “Sociologia e Psicologia: Distinção e Interdependência”, esses dois campos são complementares e indispensáveis à compreensão do comportamento humano como ser social.

Pós-graduação em Psicologia Social na UniBF

Conclui-se que a Psicologia Social é uma ciência muito importante, e requer profissionais bem preparados e devidamente capacitados. Por isso, a pós-graduação na área é o caminho para quem deseja exercer essa profissão tão encantadora.

Na Pós Graduação em Psicologia Social da UniBF tem duração de 4 meses ou mais, e as matérias componentes da grade curricular variam entre Metodologia da Pesquisa e do Trabalho Científico e Políticas e Programas de Saúde, por exemplo.

O curso tem como objetivo: “Analisar os fundamentos da Psicologia Social refletindo sobre o contexto sócio-histórico-econômico-cultural que os consolidaram, relacionando-os às novas necessidades educacionais; aprofundar os conhecimentos a partir das diversas concepções, reconhecendo suas implicações teóricas e metodológicas para a formação do psicólogo social;” e é um destaque no mercado, já que possui conceito 4 pelo MEC.

Se você acha que seu perfil combina com o de um profissional da Psicologia Social, e quer começar a se capacitar para se tornar um, entre em contato conosco! Não deixe também de escrever nos comentários e falar sobre o que você acha dessa profissão incrível!

Quer falar conosco?

Entre em contato conosco através do WhatsApp, ou nas nossas Redes Sociais: Facebook e Instagram.


Esta página faz uso de cookies para melhorar o seu desempenho e funcionamento do nosso site. Utilizando os cookies, estamos coletando e armazenando temporariamente alguns dados pessoais. Para mais informações, disponibilizamos nossa Política de Privacidade e Termo de Uso.