Segunda Graduação ou Pós? Conheça os benefícios de cada uma

02/06/2021

O Brasil tem quase 9 milhões de estudantes de nível superior. São homens e mulheres que sonham não apenas com um diploma na parede, mas com uma formação sólida que lhes dê a chance de disputarem as melhores vagas no mercado de trabalho.

De 2012 a 2018, a força de trabalho composta por trabalhadores sem nenhuma instrução recuou 47%, enquanto o número de trabalhadores com ensino superior completo avançou 48,2%, passando de 13,1 para 19,4 milhões, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua).

Esses números não são aleatórios. Pelo contrário, eles mostram claramente a importância da educação superior e, também, a vantagem de uma segunda graduação ou pós, como forma de se diferenciar, absorver mais conhecimento e ter mais a oferecer ao próprio mercado.

As duas opções são escolhas excelentes para quem quer se desenvolver. Porém, cada uma tem um viés e conhecer essa trajetória pode te ajudar a acelerar seu processo de crescimento tanto em termos técnicos-acadêmicos, quanto profissionais.

Veja mais sobre elas e saiba qual a mais adequada para você.  

Segunda Graduação

A Segunda Graduação era, até pouco tempo, a escolha daqueles que queriam ter formações distintas, não complementares, como opção de carreira. Por exemplo: imagine uma pessoa que ame Cinema e queira estudá-lo, mas não mora no eixo Rio-São Paulo, onde o mercado se concentra. Isso poderia implicar na falta de vagas específicas.

Por conta disso, seguindo essa linha de raciocínio, ela poderia estudar Cinema e, paralelamente, fazer uma licenciatura em Artes para poder trabalhar em uma escola pública ou privada.

Uma segunda graduação é, sim, sempre bem-vinda, mesmo que ela não seja complementar à primeira porque, de qualquer maneira, ela terá sua função no dia a dia da empresa.

E se o profissional quiser uma Segunda Graduação numa área de conhecimento muito próxima da primeira, não há nenhum problema quanto a isto, pois passará o recado ao mercado de que seu foco está totalmente em um determinado segmento onde você pode se apresentar, de fato, como alguém com amplo conhecimento naquele produto ou serviço.

A única desvantagem é não se aprimorar. Então, não tenha medo de voltar para a sala de aula que, nos dias atuais, pode ser uma cadeira confortável num lugarzinho preparado em sua própria casa. Isso porque você pode escolher Ensino a Distância (EaD), ou semipresencial.

Essas são modalidades de aprendizagem relativamente novas e, se um dia o mercado esboçou algum preconceito quanto a elas, certamente toda desconfiança ficou no passado. Atualmente, elas são amplamente aceitas e até recomendadas, afinal de contas, se você tiver mais de 35 anos, esposa ou marido e filhos, essa é uma forma de se atualizar sem diminuir a performance profissional.

Pós-Graduação

Já a Pós-Graduação, por sua vez, ou Especialização, pode te ajudar a se aprofundar mais em um determinado assunto. A duração costuma ser menor – de um a dois anos – e ao final é necessário apresentar uma dissertação.

Se você já está no mercado de trabalho há algum tempo, essa talvez seja a melhor opção e é indicada também para quem quer se aprofundar em algo; para quem quer estudar o que já utiliza no trabalho; ou ainda para quem pretende seguir uma carreira acadêmica.

Aqui vai algumas vantagens de fazer uma Pós.

  • Especializar-se em uma área de atuação do seu interesse;
  • Atualizar-se quanto às novidades da profissão;
  • Aumentar as chances de ser promovido;
  • Ter a oportunidade de explorar novos segmentos;
  • Fortalecer o currículo;
  • Aumentar o seu networking;
  • Dar um passo para se tornar um empreendedor.

O Networking é uma das vantagens extras de se fazer uma pós graduação. Como muitos que cursam uma pós-graduação já trabalham em suas áreas de formação, as oportunidades podem se abrir em leque.

O seu nível de conhecimento técnico deve estar acompanhado de um bom nível de conhecimento social, que você pode traduzir por “conhecer pessoas”. E elas podem ser o gerente de setor, o diretor-técnico, o executivo, e quantos mais forem possíveis.

E sabe onde você encontra boa parte destas pessoas? Nos cursos de formação continuada. Sim, pois, eles estão sempre atentos a oportunidades que geram crescimento.

Pois bem, se eles têm essa predileção, você deve tomar para si como uma obrigação. Então, diz aí qual você vai escolher? Segunda Graduação ou Pós? Bom, seja qual for, você vai voar!

Tem interesse em saber como os cursos da UniBF funcionam?

Fale com nossos consultores!

icon icon icon icon

Nossos contatos

E-mail
icone contato@unibf.com.br

Cadastre seu e-mail

Esta página faz uso de cookies para melhorar o seu desempenho e funcionamento do nosso site. Utilizando os cookies, estamos coletando e armazenando temporariamente alguns dados pessoais. Para mais informações, disponibilizamos nossa Política de Privacidade e Termo de Uso.